Mesmo tendo passado toda a minha infância em Bangu, um dos bairros mais quentes do Rio de Janeiro, nunca me habituei e sempre odiei o calor. Lá o uso do ar condicionado no verão era uma constante. A parede do meu quarto ficava quente. Mesmo ãs 2h da manhã, dava para sentir o calor vindo das parede, sem precisar tocá-las.

Depois de casado, apesar de morar em um local ligeiramente mais fresco, a questão ainda me incomoda. Aos poucos fui lendo e aprendendo mais sobre como evitar o calor dentro de casa. Como reduzir, depois que a casa está quente, sem a necessidade de um ar para cada cômodo, ou ainda um ar condicionado central, já que nenhuma das duas hipóteses estão de acordo com a minha disposição financeira.

Bem, não só colocar mais ar condicionado era possível, como manter o único da casa, que fica no meu quarto, tem sido cada vez mais difícil. Sempre que possível, abrimos a janela, ligamos o ventilador e tentamos segurar.

Isso só me deixou com mais e mais vontade de aprender mais sobre o assunto. Saber como o calor de propaga e as melhores maneiras de evitar que ele entre em casa.

Claro, ainda estou aprendendo, lendo, descobrindo, testando (na medida do possível, já que moro de aluguel E em prédio, o que limita muita coisa) e, sempre que me lembrar, vou compartilhar aqui. Tentarei também não entrar muito na parte técnica.

  1. Do lado de fora da casa está fresco, mas dentro de casa está muito quente? Coloque um ventilador, o mais alto possível, soprando para fora de casa. Ventiladores não são muito bons em puxar o vento, então recomendo uma distância de mais ou menos 1 metro entre o ventilador e a porta ou a janela. Com o ar quente saindo, o ar mais fresco de fora vai ter que entrar. Demora um pouco, mas funciona;
  2. Comprar um ar condicionado de potência maior não ajuda em economia (pelo menos se você não tem um ar inverter. Se não sabe o que é isso, provavelmente o seu ar condicionado não é). O compressor do ar armado reduz a umidade do ambiente. E baixa umidade é uma ótima forma de ter a sensação de frescor. Quando você compra um ar condicionado muito forte e reduz o termostato, a temperatura e o consumo de energia podem até ser os mesmos de um mais fraco, mas a umidade vai ser maior, o que vai fazer você sentir que está mais quente. Aí você vai aumentar a potência e acabar gastando mais energia que inicialmente.
  3. Ar condicionado mais ventilador é uma combinação e tanto! O ar condicionado reduz a temperatura e a umidade e o ventilador ajuda com a sensação. Experimente a combinação antes de colocar o ar no máximo ou mesmo de trocar por um modelo mais forte. A sensação é boa e ainda pode te ajudar a economizar um pouquinho.
  4. Se alguma parede da sua casa pega sol o dia todo, tentar compensar isso com o ar condicionado vai ser uma briga difícil e cara. Se puder, tente criar sombra na parede, sendo plantando uma árvore (que além de fazer a sombra, refresca o ambiente no calor e deixa passar o sol no inverno), seja colocando alguma estrutura de madeira a alguns centímetros da parede. A distância é importante para o calor não passar para a parede pelo contato direto e para esfriar a madeira (e a parede) mais facilmente com o vendo.
  5. O ar quente sempre vai subir, enquanto o mais fresco vai descer. Pensando assim, tente sempre ficar o mais próximo do chão possível. Camas boxes são boas para guardar coisas, mas não ajudam muito com o calor. Janelas próximas do teto são excelentes para reduzir o calor da casa, quando do lado de fora está mais fresco.
  6. Falando em lado de fora, quando estiver mais quente do lado de fora que em casa, feche tudo. Ou o ar quente da rua vai entrar na sua casa.
  7. Ainda sobre trocar ar quente, já reparou como o motor de uma geladeira gasta tão pouco se não abrimos a porta? Isso acontece pois a geladeira é completamente fechada, termicamente falando. Então porque não tentar replicar isso no seu quarto com ar? Feche todas as frestas, principalmente de portas e janelas. Não esqueça do vão entre a porta e o chão (existem várias formas de reduzir esse espaço).
  8. Mas claro, televisão, computadores etc geram calor. Quanto mais equipamentos ligados, mais consumo de energia e mais calor no ambiente. Se você usa o computador apenas para internet, que tal trocar por um tablet? Sabe aquela panela com água fervendo há 15 minutos? Ela está gerando calor E umidade, não só aumentando a temperatura, quanto a sensação térmica! Se puder evitar, é melhor! 🙂
  9. Janelas, mesmo fechadas, e portas de vidros são grandes passagens de calor para casa. Não só isso, eles geralmente deixam passar também os raios UV, tão nocivos à nossa pele. Já reparou como coisas, principalmente calendários etc, perto de janelas desbotam a cor com tanta facilidade? Se puder, bloqueie a entrada de luz durante as horas mais quentes do dia, uma persiana já funciona muito bem, mas para ficar bom mesmo, tente bloquear a claridade e o sol ainda do lado de fora da janela. Procure por “brise soleil” no Google, dê umas olhadas nas fotos, você vai entender. 😉

Depois eu compartilho mais coisas e, se puder, dou mais detalhes de como implementar essas dicas acima.

Be Sociable, Share!